Como dar um feedback melhor e ter um ambiente de trabalho mais agradável

0
207

A prática de compartilhar feedback ainda não é tão comum em muitos lugares, com exceção de momentos para avaliação de performance. Apesar disso, saber como dar um feedback melhor e ter um ambiente de trabalho positivo é muito importante, por contribuir com relações mais produtivas e uma rotina profissional mais agradável.

Para que as conversas de feedback tenham o resultado esperado, é necessário tomar alguns cuidados de fácil aplicação. Confira abaixo quais são eles!

1. Evite roteiros prontos 

Quem precisa dar algum tipo de feedback mas não tem muita prática pode cair na tentação de pesquisar roteiros prontos para lidar com esse tipo de situação. Simplesmente memorizar frases genéricas não vai resolver o problema, afinal, nós estamos lidando com pessoas, e não é possível prever todas as reações em uma interação. 

Com um roteiro do que falar, você pode perder a capacidade de ser um bom ouvinte, o que é essencial nesse tipo de conversa com colegas. Lembre-se de que um bom feedback não é um pronunciamento, mas um diálogo construtivo entre dois profissionais, independentemente da hierarquia.

É claro que anotar pontos que devem ser abordados é indicado, não só para que você não esqueça nada, mas também para ficar menos nervoso. No entanto, é importante também estar preparado para um papo aberto e que considere o ponto de vista da outra pessoa.

2. Seja flexível

Na medida do possível, tente ser flexível durante a conversa. Mesmo que o profissional em questão tenha um comportamento que gerou o mesmo tipo de reclamação entre outros colaboradores, é fundamental considerar que essa pessoa não é só aquilo e tem outras facetas. Além disso, entender os motivos para tal comportamento pode ser crucial para a resolução do que está acontecendo. 

Ao tratar seu colega como um “caso perdido”, ele vai perceber e ficará ainda mais na defensiva. Isso poderá provocar atritos desnecessários, dificultando a implementação das melhores soluções para o lugar onde você trabalha. 

3. Avalie diferentes perspectivas

Perguntar “como você vê esta situação?” é uma maneira de compreender o ponto de vista dos envolvidos, evitando julgamentos injustos. Quando a própria pessoa admite o erro ou que há coisas a serem melhoradas, é mais fácil lidar com a situação, pois isso mostra que o profissional avaliado reconhece a realidade e está disposto a fazer o melhor para contornar o problema. 

Outra vantagem de perguntar qual é a perspectiva do funcionário é que ele tende a ficar mais propenso a confiar em você e a realmente levar em conta o seu feedback. Encarar isso como um diálogo e não como uma crítica unilateral faz o ambiente de trabalho ficar menos conflitante. 

4. Deixe suas boas intenções bem claras

Receber críticas não é algo prazeroso, ainda mais sobre nossa performance ou nosso comportamento. Por isso, quando alguém faz isso com você, é natural ficar no modo defensivo, não é mesmo? Sendo assim, ao passar um feedback, deixe claro que suas intenções são positivas e construtivas, amenizando qualquer tipo de animosidade. 

Com as dicas acima, você terá condições de garantir mais sucesso em situações envolvendo feedback, proporcionando uma rotina mais agradável e, consequentemente, um bem-estar maior para todos, e isso contribui para uma vida mais Wellness. 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here