Descubra se a vitamina D pode ajudar no tratamento da Covid-19

0
58

Sabia que há novas evidências de que uma dose de vitamina D poderia melhorar o resultado de tratamento de pacientes com o novo Coronavírus? O estudo foi publicado em outubro, pelo The Journal of Steroid Biochemistry and Molecular Biology

Entenda a pesquisa

Pesquisadores da Universidade de Córdoba, na Espanha, estudaram 76 pacientes do Hospital Universitário Reina Sofia para Covid-19. Dessas pessoas, 50 receberam calcifediol, uma forma metabolizada de vitamina D3 que pode aumentar rapidamente os níveis de vitamina D no corpo. 

A pesquisa mostrou que os pacientes que tomaram calcifediol apresentaram menos propensão a precisarem de cuidados intensivos e nenhum deles morreu. Entre as outras pessoas que participaram do estudo, 13 precisaram ficar na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 2 pacientes faleceram. 

O que isso significa? O resultado sugere que calcifediol poderia reduzir a gravidade de infecções de Covid-19 e diminuir o risco de complicações. No entanto, é necessária a realização de testagens mais amplas para uma conclusão mais precisa. 

Limitações do estudo

Apesar do resultado positivo, uma das limitações da pesquisa é que, enquanto pacientes eram selecionados aleatoriamente para receber calcifediol, havia mais pessoas no grupo que apresentou resultados piores com alta pressão sanguínea e diabetes, dois fatores de risco para complicações severas do novo Coronavírus. 

Ainda não é claro se calcifediol é mais eficaz do que outras formas de suplementação de vitamina D na contenção de complicações da doença. Calcifediol é significantemente mais potente e tem absorção mais facilitada do que outros tipos de vitamina D, o que poderia resultar em melhores resultados em pacientes com doenças ou problemas digestivos.

Outro fator limitante é o fato de que os pesquisadores não avaliaram se os pacientes tinham deficiência de vitamina D antes do tratamento. Outro estudo apontou que é comum em adultos a deficiência dessa vitamina no começo da primavera, devido à menor exposição aos raios solares, fontes de vitamina D. Portanto, não está definido ainda se suplementos de vitamina D ajudam a resolver essa deficiência ou se pacientes que já possuíam níveis suficientes da vitamina poderiam se beneficiar tomando mais. 

Cuidados com a Covid-19

Como é tudo muito recente e ainda há inúmeras pesquisas sendo desenvolvidas, é importante considerar se os resultados apontados por estudos são conclusivos ou não. No caso da suplementação de vitamina D, por exemplo, apesar dos indícios, ainda não há uma comprovação definitiva de que ela pode ajudar no tratamento da Covid-19, como vimos acima. Por isso, não adianta nada começar a aumentar o consumo desse nutriente só por conta disso neste momento.

As medidas que precisam continuar sendo tomadas são as de prevenção: distanciamento social, uso de máscara, higienização constante das mãos e evitar levar as mãos ao rosto fora de casa. No caso de suspeita de Covid-19, a quarentena é indispensável e você deve procurar um médico, sem tomar qualquer tipo de medicamento sem a orientação desse profissional. 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here