Não suar o suficiente significa um treino não efetivo?

0
1850

Você já reparou que, ao praticar exercícios físicos, algumas pessoas suam mais do que outras? Há quem praticamente nem sua, mesmo realizando o mesmo tipo de treino e fazendo o mesmo esforço. Caso você esteja se perguntando se suar o suficiente significa um treino efetivo, não se preocupe, pois vamos explicar tudinho. 

Algumas pessoas sentem que precisam suar bastante, como se isso fosse uma necessidade a ser suprida. Isso acontece porque é fácil associar o suor ao prazer da atividade física. No entanto, o suor nada mais é do que a perda de água e eletrólitos que nosso corpo produz para manter a temperatura corporal adequada.  

Muita gente pensa que um treino bom é aquele que deixa as pessoas encharcadas de suor. Porém, isso não é necessariamente a realidade. São vários fatores que indicam um exercício físico de qualidade. Apesar de ser um indicador, o suor não é o único. 

É equivocado associar o suor a um bom treino porque o suor não é um indicador de queima de calorias. São fatores internos e externos que determinam o nível de sudorese de cada indivíduo. Veja os principais:

Temperatura ambiente

Não é preciso nem estar treinando para suar num calor de 30 °C, por exemplo. O ambiente onde você treina é um dos fatores determinantes para a quantidade de suor, seja numa academia climatizada, na sala da sua casa ou na rua. Isso porque, como já comentamos, o suor é um mecanismo que nosso corpo utiliza para controlar a temperatura corporal. Logo, quando estamos fazendo exercícios físicos, ainda mais em um ambiente quente, o corpo precisa eliminar a energia excedente em calor através do suor. 

Intensidade da atividade física

Existem diversas modalidades de atividades físicas, cada qual em sua intensidade. Sem nos aprofundarmos em conceitos de física e matemática, com “intensidade”, estamos nos referindo a elementos como o tamanho do esforço investido e o número de repetições. Contudo, a duração não é decisiva, pois um treino intenso de 15 minutos pode te fazer suar mais do que uma atividade semelhante por 1 hora, mas numa intensidade branda, por exemplo. 

Condicionamento físico

Estar com o condicionamento físico em dia também contribui para o suor, pois isso está ligado à intensidade da atividade. Se o seu corpo está acostumado com determinado exercício, o esforço para realizá-lo também será menor. 

Vestimentas

Utilizar as roupas mais adequadas para praticar atividades físicas é muito importante. É o caso de tecidos mais leves, que facilitam a evaporação do suor e, consequentemente, a perda de calor. 

Vale relembrar que suor não é indicativo de perda de peso, portanto, não use estratégias arriscadas com a intenção de emagrecer. Nada de usar roupas de frio, que impedem a dissipação do calor, para praticar exercícios, por exemplo. Essa medida pode levar a consequências graves, como desidratação, cãibras e até morte por hipertermia (superaquecimento).

Hidratação

A hidratação é essencial para o bom funcionamento do corpo durante os exercícios físicos. Suar significa perder água, e esta precisa ser reposta. Se você suar demais durante uma atividade e não repor o líquido, seja com água ou com isotônicos, seu corpo pode sofrer de desidratação. 

As atividades físicas são essenciais para sua saúde física e mental. Sentir-se esgotado e sem energia pode ser um indicativo de que você não está consumindo nutrientes o suficiente ou não está fazendo isso de forma adequada durante a prática de exercícios físicos. Por isso, fique atento aos fatores que indicamos e lembre: um bom treino é aquele te deixa renovado, equilibrado e satisfeito. 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here