Saiba a importância do alongamento para uma rotina Wellness

0
163

O alongamento deve estar presente no seu cotidiano, não importa se você se exercita regularmente ou não. Quer saber qual é a importância do alongamento para uma rotina Wellness?

Essa prática faz com que o corpo ative as células que ficam inativas após certo período de tempo sem movimentação. Além disso, o alongamento é capaz de gerar inúmeros benefícios à saúde física e emocional, como alívio da tensão muscular, melhora da postura e diminuição dos sintomas de estresse e ansiedade. 

O alongamento tem como função aumentar a amplitude dos movimentos. De que forma? Quando o corpo está passando por isso, acontece o que é chamado de estiramento das fibras musculares, o que contribui para que o seu comprimento aumente, melhorando a flexibilidade, a circulação do sangue e a oxigenação dos músculos. 

O alongamento prepara a musculatura para exercer quaisquer movimentos sem prejuízos. Existem dois tipos: estático e dinâmico. No primeiro, você deve manter a posição por certo período e depois repeti-la. Já no segundo, ocorre o movimento de oscilação com ritmo e amplitudes variadas.

Com que frequência os alongamentos devem ser feitos?

Se possível, diariamente. Uma ótima maneira de começar o dia é se alongando, pois a sensação de relaxamento chega de forma quase imediata e você vai se sentir muito melhor. Lembrando sempre que, ao se alongar, você não deve sentir dores. Por isso, esteja bastante atento aos movimentos corretos e não tenha pressa. 

A frequência, o tempo e a intensidade do exercício dependem do condicionamento físico e do objetivo de cada pessoa. No geral, duas ou três vezes na semana já são suficientes para perceber os benefícios do alongamento. Cada posição deve durar cerca de 20 a 40 segundos. Antes de iniciar, é importante fazer um pré-aquecimento, como uma pequena caminhada. 

Principais benefícios do alongamento

Entre os principais benefícios dessa prática, estão: 

  • Melhor mobilidade articular e maior saúde das articulações, dos tendões e dos ligamentos, além da prevenção de lesões.
  • Relaxamento dos músculos, processo fundamental para o bom funcionamento das fibras musculares. Também ocorre a eliminação das tensões físicas, mentais e emocionais;
  • Redução dos riscos de problemas na coluna, além de melhora da postura e alívio de dores nas costas, aumento da elasticidade, melhora da circulação e articulações;
  • Promoção do bem-estar, pois o cérebro libera serotonina durante os exercícios e esse hormônio é responsável pela sensação de prazer e felicidade;
  • Melhora da flexibilidade, contribuindo para manter as articulações e os tecidos saudáveis, além de evitar que os músculos fiquem tensos e cansados;
  • Diminuição da incidência de cãibras;
  • Alívio dos sintomas da cólica menstrual, responsável por causar intensas dores e vários desconfortos, tanto físicos quanto psicológicos;
  • Melhora do sono, pois manter uma rotina de alongamentos auxilia no relaxamento do corpo e, consequentemente, influencia na qualidade do sono, principalmente para quem tem insônia crônica;
  • Melhora da circulação sanguínea, já que, além de aliviar dores e cansaços nas pernas, os alongamentos ativam a circulação e ajudam a melhorar o fluxo sanguíneo do corpo;
  • Aceleração da cicatrização óssea. Em casos de fraturas, o exercício físico é essencial para regeneração e reparação do dano sofrido pelo osso. 

Atenção: para realizar a atividade da forma correta, é indicado procurar um educador físico para passar as orientações necessárias. 

Quer saber mais informações sobre esse e outros assuntos para uma vida mais Wellness? Continue acompanhando o nosso blog!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here