Saiba por que é importante se exercitar na menopausa

0
162

Será que atividades físicas ajudam mulheres na menopausa a ter uma vida mais Wellness? Como essa é uma dúvida muito comum, nós vamos te explicar por que é importante se exercitar nessa fase.

Antes de contar os motivos pelos quais se exercitar faz toda a diferença durante esse período, é importante reforçar o que é a menopausa. Trata-se da etapa da vida feminina que se inicia após a última menstruação, entre os 40 e 50 anos de idade.

Com a menopausa, acontece a diminuição gradativa dos níveis de dois hormônios: o estrogênio e a progesterona, responsáveis pelo controle do ciclo menstrual e pelas funções reprodutivas normais. Eles têm um papel importante na distribuição da gordura corporal, do colesterol e de açúcares, sendo também indispensáveis para a preservação da densidade óssea. 

Com isso, podem surgir diversos sintomas desconfortáveis, que variam de mulher para mulher, como suores noturnos, insônia, perda da massa óssea, diminuição da libido, variação do humor, ganho de peso, ansiedade, estresse, entre outros. 

Fazer exercícios regularmente é uma atividade que, além de ajudar a manter o bom desempenho e funcionamento do corpo, melhora a saúde e alivia os sintomas da menopausa. Veja abaixo como atividades físicas são vantajosas para mulheres em menopausa:

1. Melhora as alterações do humor

Na menopausa, é comum que as mulheres fiquem mais estressadas, e as alterações no humor passam a ser bastante perceptíveis devido à diminuição de estrogênio no corpo, o que gera baixa produção de serotonina e dopamina, ligadas a sintomas como tristeza, insônia e melancolia. Exercícios físicos estão entre os responsáveis por liberar substâncias como a endorfina, que aumenta a energia e o ânimo, contribuindo para o controle das emoções resultantes da menopausa.

2. Fortalece os ossos

Doenças relacionadas aos ossos, a exemplo da osteoporose, tornam-se ainda mais comuns nesse período, em função da diminuição da produção de hormônios como o estrogênio, que garante uma estrutura óssea mais forte e resistente. Com o passar dos anos, os ossos ficam cada vez mais fracos e quebradiços. Por esse motivo, os exercícios são grandes aliados, pois ajudam a reduzir a perda de massa óssea. 

3. Ajuda no funcionamento dos músculos e articulações

O cálcio é fundamental para que ocorram as contrações musculares, mas com o nível de estrogênio baixo, a quantidade no organismo também diminui, visto que o hormônio ajuda na absorção desse mineral no sangue. Atividades físicas, como corrida, são eficazes para manter a musculatura e as articulações funcionando da forma correta durante a menopausa. 

4. Auxilia na perda de gordura

Neste período, a gordura do corpo da mulher tende a ser distribuída de forma inadequada e acaba gerando ganho de peso e acúmulo de gordura internamente, principalmente em regiões como coxas, barriga e quadris. Corrida, treinos funcionais e ciclismo são bastante recomendados para estimular a queima de gordura localizada e promover um alto gasto calórico. 

Por fim, também é importante lembrar que cada corpo reage de uma maneira diferente. Para saber qual exercício se adequa melhor às suas condições, recomendamos que você procure profissionais adequados, como médicos e educadores físicos. Assim, você terá uma menopausa ainda mais tranquila e saudável. 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here